Aquele lado de mim, que também pode estar dentro de cada um de vós(nós).
 
InícioFAQCalendárioGaleriaBuscarRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Castanheira de Pera
Dom Maio 26, 2013 5:07 am por JPais

» Bairrada e cogumelos com Jose Porvinho
Qua Nov 14, 2012 12:44 pm por JPais

» Jose Porvinho Convida :
Qua Nov 14, 2012 12:22 pm por JPais

» O Mundo dos cogumelos com Jose Porvinho
Qua Nov 14, 2012 12:10 pm por JPais

» O Mundo dos Cogumelos
Qui Jan 26, 2012 8:20 am por JPais

» Aidos da Vila - O Mundo dos Cogumelos
Seg Jan 02, 2012 10:33 am por JPais

» Leitão à Bairrada - Maravilha de Portugal
Ter Ago 23, 2011 2:44 pm por JPais

» Amostra aleatória
Seg Ago 01, 2011 4:58 pm por José Porvinho

» ANO INTERNACIONAL DA BIODIVERSIDADE
Ter Jun 21, 2011 1:56 pm por José Porvinho

2010
Volte sempre!
Portugal
Visitantes
litterature
PT
Social bookmarking
Social bookmarking digg  Social bookmarking delicious  Social bookmarking reddit  Social bookmarking stumbleupon  Social bookmarking slashdot  Social bookmarking yahoo  Social bookmarking google  Social bookmarking blogmarks  Social bookmarking live      

Conservar e compartilhar o endereço de José Porvinho em seu site de social bookmarking

Conservar e compartilhar o endereço de José Porvinho em seu site de social bookmarking

Compartilhe | 
 

 Erros Humanos

Ir em baixo 
AutorMensagem
JPais
Owner
Owner
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 85
Idade : 54
Emprego/lazer : Eng. Florestal/Escritor/Tecnico
Localização : Castanheira de Pêra - Anadia
Data de inscrição : 24/11/2008
Sociavel : 1
Pontos : 3692

MensagemAssunto: Erros Humanos   Ter Nov 25, 2008 12:22 pm

De facto, o erro humano está sempre omnipresente. A nossa própria acção, pressupõe desde logo, a possibilidade do erro e a nossa própria existência, pressupõe desde logo, a iminência do erro. Pior mesmo, é não fazer nada para não errar – esse, só pode ser o maior dos erros.
Assim, como errar é humano; não deveria ser difícil admitir o erro! O mais importante, é saber corrigi-lo e se justificável, dando mesmo a mão à palmatória. Até pode ser oportuno algum pertinente puxão de orelhas e quando já não houverem mais orelhas para puxar, sempre ainda sobra o cabelo! Agora, aquele fugir típico com o rabo à seringa, é que não nos leva a lado nenhum. É isso; reconhecendo o erro, identificando as causas e analisando as circunstâncias, só se tem que mudar a ordem, corrigindo a acção.
Parece que até aqui estamos todos de acordo, então porque é tão difícil admitirmos a falha, corrigirmos o erro e salvarmos o trabalho?
Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.youtube.com/JosePorvinho
 
Erros Humanos
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Dez coisas que tornam os seres humanos especiais
» ERROS de MARIA
» Os 7 Erros básicos cometidos por ateus em debates
» Erros imperdoáveis do Apóstolo Paulo!
» Erros do Catolicismo Romano

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
José Porvinho :: José Porvinho :: "Sem Papas na Língua"-
Ir para: