Aquele lado de mim, que também pode estar dentro de cada um de vós(nós).
 
InícioFAQCalendárioGaleriaBuscarRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Castanheira de Pera
Dom Maio 26, 2013 5:07 am por JPais

» Bairrada e cogumelos com Jose Porvinho
Qua Nov 14, 2012 12:44 pm por JPais

» Jose Porvinho Convida :
Qua Nov 14, 2012 12:22 pm por JPais

» O Mundo dos cogumelos com Jose Porvinho
Qua Nov 14, 2012 12:10 pm por JPais

» O Mundo dos Cogumelos
Qui Jan 26, 2012 8:20 am por JPais

» Aidos da Vila - O Mundo dos Cogumelos
Seg Jan 02, 2012 10:33 am por JPais

» Leitão à Bairrada - Maravilha de Portugal
Ter Ago 23, 2011 2:44 pm por JPais

» Amostra aleatória
Seg Ago 01, 2011 4:58 pm por José Porvinho

» ANO INTERNACIONAL DA BIODIVERSIDADE
Ter Jun 21, 2011 1:56 pm por José Porvinho

2010
Volte sempre!
Portugal
Visitantes
litterature
PT
Social bookmarking
Social bookmarking digg  Social bookmarking delicious  Social bookmarking reddit  Social bookmarking stumbleupon  Social bookmarking slashdot  Social bookmarking yahoo  Social bookmarking google  Social bookmarking blogmarks  Social bookmarking live      

Conservar e compartilhar o endereço de José Porvinho em seu site de social bookmarking

Conservar e compartilhar o endereço de José Porvinho em seu site de social bookmarking

Compartilhe | 
 

 Sisões e Cisões

Ir em baixo 
AutorMensagem
José Porvinho
Owner
Owner
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 216
Idade : 54
Emprego/lazer : Eng.Florestal/escritor/técnico
Localização : Castanheira de Pera/Bairrada
Data de inscrição : 26/11/2008
Sociavel : 10
Pontos : 3951

MensagemAssunto: Sisões e Cisões   Seg Jun 07, 2010 5:18 pm

SISÕES E CISÕES



Um agricultor alentejano perdeu uma batalha judicial de 17 anos e tal (!!!), a propósito de um bando de sisões – abetarda-pequena (Tetrax tetrax) lhe ter destruído grande parte de uma produção de melões, num valor (prejuízo) superior a 30 000 Euros.

Ora, o que é que se passou? O agricultor tentou produzir melões e os sisões instalaram-se e não mais se afastaram da produção, apesar das diversas tentativas feitas para os afugentarem. Como espécie protegida; mesmo ameaçada e a caminho da extinção, o agricultor cumpriu todos os requisitos legais, mesmo enquanto via quase toda a sua produção a “ir-se embora”! Assim, as aves foram-se alimentando exactamente na mesma medida em que o agricultor ia perdendo os seus melões!

No fim de contas, achamos normal, além de ser do mais normal bom senso, que não tenha que ser o agricultor (sozinho) a sustentar uma espécie protegida e que é – sem dúvida – uma mais-valia e uma riqueza, que é pertença de todos! Esse, será em grande parte, o papel de um Estado… de Direito!

Assim e sem grandes surpresas, foi decidido pelo Tribunal Administrativo de Lisboa, que o agricultor teria que ser indemnizado pelos prejuízos causados pelos sisões; mas, mas… eis que o Estado recorre (!!!) e arrasta o processo durante estes longos anos, acabando o Supremo Tribunal Administrativo no seu acórdão final concluir, não haver lugar a qualquer tipo de indemnização - para surpresa de todos! Mas, é que nem um cêntimo!!!!

Como dizia um amigo meu: “andamos sempre a dizer que as leis estão mal feitas, que estão mal feitas, mas não é bem assim; as leis até estão muito bem feitas… bem feitas para quem as faz; e como tal, e como tal… para estarem boas para eles; pois, para nós é que estarão como sabemos… mal feitas, claro!”

Amigo, continuas a ter razão; “eles bem sabem como é que as têm que fazer”!

Sinceramente, achamos este tipo de casos inacreditáveis. Achamos, porque este é o tipo de assuntos que levam a uma série de preocupações por parte de todos que observam e comentam a sociedade e o país, mesmo que a uma mesa de café. O tipo de caso que tira qualquer um do sério!

A realidade é a seguinte; será por esta e por outras que não continuaremos a entender toda a máxima importância da conservação da natureza e tudo o que representa para o nosso território e melhor expressão nacional.

Sim, é por estas e por outras que a agricultura está com está e os agricultores estão como estão; ou melhor, como Já não estão nem vão!

Sim, é por estas e por outras que a Justiça é o que é e não é o que devia ser… e em tempo responsavelmente útil!

Pois, é por estas e por outras que o país vai onde vai… e não vai como deveria de ir!

Pois, de cisão em cisão, com indecisões destas e decisões finais com esta… ainda não vai é haver sisão que resista!

_________________
José Porvinho (José Pais)
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.joseporvinho.net
José Porvinho
Owner
Owner
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 216
Idade : 54
Emprego/lazer : Eng.Florestal/escritor/técnico
Localização : Castanheira de Pera/Bairrada
Data de inscrição : 26/11/2008
Sociavel : 10
Pontos : 3951

MensagemAssunto: Re: Sisões e Cisões   Seg Jun 07, 2010 5:19 pm

Publicada no Jornal de Notícias.

_________________
José Porvinho (José Pais)
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.joseporvinho.net
 
Sisões e Cisões
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Cisão heterolítica (heterólise) Dúvida
» Cisão heterolítica

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
José Porvinho :: José Porvinho :: Natureza-
Ir para: