Aquele lado de mim, que também pode estar dentro de cada um de vós(nós).
 
InícioFAQCalendárioGaleriaBuscarRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Castanheira de Pera
Dom Maio 26, 2013 5:07 am por JPais

» Bairrada e cogumelos com Jose Porvinho
Qua Nov 14, 2012 12:44 pm por JPais

» Jose Porvinho Convida :
Qua Nov 14, 2012 12:22 pm por JPais

» O Mundo dos cogumelos com Jose Porvinho
Qua Nov 14, 2012 12:10 pm por JPais

» O Mundo dos Cogumelos
Qui Jan 26, 2012 8:20 am por JPais

» Aidos da Vila - O Mundo dos Cogumelos
Seg Jan 02, 2012 10:33 am por JPais

» Leitão à Bairrada - Maravilha de Portugal
Ter Ago 23, 2011 2:44 pm por JPais

» Amostra aleatória
Seg Ago 01, 2011 4:58 pm por José Porvinho

» ANO INTERNACIONAL DA BIODIVERSIDADE
Ter Jun 21, 2011 1:56 pm por José Porvinho

2010
Volte sempre!
Portugal
Visitantes
litterature
PT
Social bookmarking
Social bookmarking digg  Social bookmarking delicious  Social bookmarking reddit  Social bookmarking stumbleupon  Social bookmarking slashdot  Social bookmarking yahoo  Social bookmarking google  Social bookmarking blogmarks  Social bookmarking live      

Conservar e compartilhar o endereço de José Porvinho em seu site de social bookmarking

Conservar e compartilhar o endereço de José Porvinho em seu site de social bookmarking

Compartilhe | 
 

 Choque de Culturas

Ir em baixo 
AutorMensagem
José Porvinho
Owner
Owner
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 216
Idade : 54
Emprego/lazer : Eng.Florestal/escritor/técnico
Localização : Castanheira de Pera/Bairrada
Data de inscrição : 26/11/2008
Sociavel : 10
Pontos : 3951

MensagemAssunto: Choque de Culturas   Dom Maio 10, 2009 6:17 pm

O Papa Bento XVI iniciou uma cruzada pela compreensão entre as religiões. Finalmente; é isso mesmo que se tem que fazer.
O JOSÉ PORVINHO, já antevia esta via como a mais fundamental em:

25 Setembro de 2006
CHOQUE DE CULTURAS

Quando a religião pode servir para justificar e escamotear toda a irracionalidade, incompreensão e máxima violência; será mesmo precisa muita fé da nossa parte, mesmo quando não praticantes para aceitá-la de ânimo leve, às nossas portas.
Será que todos os líderes e crentes dessas religiões, com toda a fé que praticam, já pensaram nisso? E se o pensaram, o que é que fizeram para mudar e até para se demarcarem, através do bem que a sua religião tem que apregoar e defender? Ou será, que confiam tanto na nossa fé, na nossa compreensão, racionalidade e paz, que isso lhes basta? E se fosse ao contrário?
Um facto é indesmentível, aceitamos todos os credos e religiões à nossa porta e depois basta calcarmos certos territórios e passamos logo a ser uns agressores, ímpios e infiéis; só porque não somos nem processamos a mesma fé (cega)!
E será que todos os que vão pela via do mal, já pensaram em todos os seus que não estão entre-portas? Não os estarão a prejudicar, ao quererem abraçar o mundo com a sua intolerância e (mau) exemplo?
Poderão querer ver a separação de culturas, através da superiorização da sua, atrás de uma ideologia que quer pôr por terra a democracia, a liberdade, os valores e até, as próprias religiões!!! Será doentio demais. Doentio, perverso e mau demais.
As soluções? Também existem. Embora, sem definição concreta e sem serem em definitivo; mas terá sem dúvida, que ser através delas, que o caminho se terá que iniciar.
. A via da educação;
. A via cultural / civilizacional;
. A via da democracia e dos direitos humanos;
. A via do desenvolvimento económico e da igualdade de oportunidades;
. A via das parcerias e dos apoios estratégicos;
. E aquela primeira e única via, fundamental para vir a conjugar todas as anteriores – a via religiosa. A essencial para capacitarem todo o empreendimento seguinte e todo o colossal desafio que todos temos pela frente.
De facto, nenhum fundamentalismo pode ser vencido de fora. E também não há armas que o possam vencer – muito pelo contrário; só há força de tanta paz, é que tal poderá ser possível!
Assim, têm que ser os líderes religiosos a empreenderem uma verdadeira “cruzada”, no sentido de... em nome da religião, da fé ou das mais sagradas escrituras; não mais se atentar contra a dignidade humana, recriminando, desprometendo, excomungando, formando e apelando.
Porventura, os radicais massa-bruta e os fundamentalistas embrutecidos pelas ideias de vingança, não irão nessa; mas os moderados, que o são e existem, têm que se retratar e afirmar, como tal. Pois, se a religião que processam propaga o bem através das palavras e da fé (como qualquer religião que se preze); então há que arrepiar caminho, provando desde já e bem, qual o verdadeiro e único caminho a tomar. Se o do bem, se o do... mas têm que o fazer de facto, elevando a voz ao não aceitar que se use o nome da religião para os fins mais perniciosos. E que se desculpem – e mais – que se justifiquem, com as sagradas escrituras!!!
Por toda a razão maior deste mundo... e do outro, qualquer outro ser que processe outra fé; não pode entender e aceitar isso, por mais boa-fé que tenha. No mínimo, esperavam ouvir a recriminação pública de todos os líderes religiosos islâmicos, como seus distintos e dignos representantes; por tais actos, de crimes de sangue em nome da sua religião!
Esta sim, é a primeira e grande via.
Este sim, é o verdadeiro choque de culturas.
Esta sim, é uma certeza. Mas, só enfrentada com coragem, alicerçada nos valores mais puros e fazendo fé na fé dos outros. Esse sim, será o modo mais racional de o fazer – pela fé e pelos caminhos da esperança espiritual, assente na compreensão e na paz de todas as palavras.
E o amor ao próximo, como e onde fica?
Oremos, pois e muito! De mãos erguidas para o céu ou de rabo para o ar – tanto faz! Desde que o façamos com toda a devoção!

_________________
José Porvinho (José Pais)
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.joseporvinho.net
José Porvinho
Owner
Owner
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 216
Idade : 54
Emprego/lazer : Eng.Florestal/escritor/técnico
Localização : Castanheira de Pera/Bairrada
Data de inscrição : 26/11/2008
Sociavel : 10
Pontos : 3951

MensagemAssunto: Re: Choque de Culturas   Seg Maio 18, 2009 5:59 pm

Curioso, escrevi o que escrevi e na data que foi; mas o que não imaginava é que logo no dia seguinte a ter colocado aqui o texto, um líder religioso islâmico acabasse com uma iniciativa do Papa pelo diálogo inter-religiões.
Sobre o texto, parece que já há quem me leia pelo estrangeiro - como o Papa (risos)! E me leve a sério (mais risos)!
E já agora, não tenho interesse nenhum que qualquer líder religioso islâmico me leia. Porque será?

_________________
José Porvinho (José Pais)
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.joseporvinho.net
 
Choque de Culturas
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Qual o maior choque???
» Choque Inelástico
» (UEL--PR ) choque obliquo
» Maquina de Choque
» [Resolvido]Aceleração no momento do choque

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
José Porvinho :: José Porvinho :: "Sem Papas na Língua"-
Ir para: